Portugal
"Mais uma grande batalha nesta longa guerra que vai durar até maio", diz Pepa
2020-01-10 13:35:00
Treinador pacense quer o "melhor Paços em Portimão" e somar "três pontos muito importantes"

Pepa disse querer ter o melhor Paços de Ferreira frente ao Portimonense e poder somar os três pontos, para se distanciar dos lugares de descida, no jogo da 16.ª jornada da I Liga, no sábado.

Na conferência de antevisão, o treinador pacense identificou o jogo de Portimão como "mais uma grande batalha nesta longa guerra que vai durar até maio", acreditando que os seus jogadores vão manter o rigor que mostraram nas 15 jornadas anteriores, quando a equipa estava em zona de descida.

"Temos de identificar aquilo que estamos a trabalhar há algum tempo sobre o Portimonense e ter o melhor Paços em Portimão, sair de lá com os três pontos, que são muito importantes, e fugir daquela ‘linha de água' que não nos pode e não deu intranquilidade até agora e não nos pode fazer relaxar, mantendo o mesmo rigor e espírito de sacrifício", disse Pepa.

O técnico pacense lembrou que "está tudo metido ao barulho" na metade inferior da classificação e que o caminho para o Paços é "pontuar, pontuar, pontuar", e "seguir nesta onda de bons resultados".

"Mais do que duas ou três vitórias seguidas, queríamos uma imagem forte de uma equipa com personalidade dentro de campo, uma equipa a jogar à Paços, como repeti muitas vezes nas conferências. E isso foi conquistado a pulso, com muito trabalho, pelos jogadores, no dia-a-dia, nos treinos e nos jogos. É dar a vida dentro de campo, tudo o resto acontecerá com naturalidade", sublinhou.

Sobre o Portimonense, Pepa subscreveu a opinião do colega Folha e falou de um plantel diferente da época anterior, "com várias alterações" e necessidade de "alguma adaptação e integração" dos novos jogadores, admitindo, também, que, "muitas das vezes, a qualidade, que está lá, não corresponde à classificação".

"É uma equipa com qualidade individual, com qualidade coletiva, que quer sair de onde está, como nós queríamos sair de onde estávamos. Este é mais um jogo muito difícil, com três pontos muito importantes em disputa, contra uma equipa com bons valores e que se está a reforçar bem", afirmou Pepa, um admirador de Jackson Martínez, de quem disse ter "um caráter e espírito incríveis", elogiando o profissional e também o homem.

O médio Stephen Eustáquio já tem a sua inscrição regularizada e, à semelhança dos restantes reforços Adriano Castanheira e João Amaral, já utilizados na vitória diante do Moreirense (1-0), vem "aumentar as opções e a qualidade do grupo" e criar "dores de cabeça positivas" a Pepa, para quem "esta janela (de transferências) é muito grande e até lá (ao final de janeiro) tudo é possível".

O Paços de Ferreira, que na tabela é 16.º, com 14 pontos, estando pela primeira vez na temporada fora dos lugares de descida, vai defrontar o Portimonense, com quem trocou de posição, no 17.º e penúltimo lugar, com 13, no Portimão Estádio, no sábado, a partir das 15:30, em jogo da 16.ª ronda da I Liga.