Portugal
Litígio entre Jorge Ribeiro e André Geraldes acaba em "entendimento"
2019-06-04 14:30:00
Sindicato revela que Farense pagou os ordenados em atraso

O litígio entre o internacional português Jorge Ribeiro, a SAD do Farense e o diretor executivo do clube, André Geraldes, foi hoje encerrado após um acordo entre as partes, anunciou o Sindicato.

Em comunicado, o Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) diz que foi alcançado um “entendimento”, sendo que a SAD algarvia, o atleta e o dirigente “chegaram a acordo para a desistência do procedimento disciplinar iniciado”, tendo sido regularizados os salários em atraso.

Segundo o SJPF, este é um “sinal de credibilidade e maturidade em defesa do respeito e credibilização do futebol português”, saudando “o profissionalismo” de todos, depois de o atleta, de 37 anos, ter apresentado uma queixa-crime contra Geraldes.

O defesa esquerdo era alvo de um processo disciplinar depois de ter sido acusado por ameaça, difamação e calúnia, tendo rejeitado que tenha agredido o dirigente do emblema da II Liga.

Sê o primeiro a comentar: