Portugal
Konan denuncia racismo após derrota do Vitória de Guimarães no Bessa
Redação Bancada
2018-02-12 17:20:00
O jogador do Vitória de Guimarães recorreu às redes sociais para apelar a que parem de o insultar.

Ghislain Konan, jogador do Vitória de Guimarães, denunciou ter sido alvo de racismo, através de mensagens, após a derrota do Vitória de Guimarães contra o Boavista, no Estádio do Bessa, no domingo. O defesa marfinense pediu ainda para os implicados pararem com esses atos de insulto, publicação entretanto apagada das redes sociais.

"Eu sei que você está triste e eu também estou. Eu sei que é minha culpa perder os três pontos, mas por favor, aos que me enviam mensagem dizendo que sou um negro sujo, etc… parar isso. Defenderei uma e outra vez, vou cometer erros, mas vou defender até deixar o clube", referiu Konan, através de uma publicação no Instagram, assumindo culpas no golo de Fábio Espinho que resultou no desaire do Vitória.

Pedro Henrique, capitão da equipa vimaranense, também já veio a público sair em defesa do colega, assim como Raphinha. "Temos trabalhado muito, mas infelizmente os nossos resultados não têm vindo conforme esperado. Entendemos as cobranças e sabemos que fazem parte do desporto. Porém, quando uma cobrança ultrapassa o respeito com o ser humano jamais podemos aceitar. A forma como algumas pessoas abordaram nosso companheiro Konan é absurda e inaceitável. Racismo é crime e, antes de ser crime, é uma enorme falta de respeito. Aqui somos todos iguais, independente de cor, raça, classe. Merecemos respeito", destacou o central brasileiro.

Sê o primeiro a comentar: