Portugal
Keizer confirma ausência de Bas Dost na Choupana
2019-04-18 12:35:00
Holandês ainda não está totalmente recuperado

Marcel Keizer mostrou-se confiante com a deslocação ao terreno do Nacional da Madeira e confirmou que Bas Dost estará ausente da partida, apesar de já vir a treinar com o plantel. "Bas Dost treina há dois dias mas não totalmente", revelou, em declarações aos jornalistas.

O treinador do Sporting considerou também que o desafio da 30.ª jornada da I Liga de futebol diante do Nacional, na Madeira, vai ser complicado, acreditando que os insulares “vão fazer tudo” para vencer os ‘leões’.

A formação orientada por Costinha ocupa a antepenúltima posição da tabela, com 27 pontos, e necessita de pontos na luta pela permanência no principal escalão.

Marcel Keizer recordou, em conferência de imprensa, o início complicado do jogo da primeira volta no Estádio José Alvalade, em que os ‘leões’ tiveram de dar a volta a um 0-2.

“O Nacional está a lutar pelos pontos para ficar na I Liga e vai fazer tudo para ganhar este jogo. Será diferente da primeira volta e sabemos que temos de fazer um bom jogo. Em Alvalade, foi muito difícil, mostraram a qualidade do seu futebol”, alertou.

Questionado sobre se os desafios diante das equipas em zona perigosa da tabela tornam a reta final mais difícil para o Sporting, Keizer concordou e recordou a partida da última ronda.

“Basta ver o jogo com o [Desportivo das] Aves. Estão a lutar pelos pontos e estou à espera que o Nacional faça o mesmo. Tenho a certeza que vão lutar até ao fim”, declarou.

O Sporting, que soma sete vitórias consecutivas em todas as competições – seis das quais na I Liga –, visita amanhã o Nacional, em jogo com início marcado para as 18h00.

Os leões seguem na terceira posição do campeonato, com 64 pontos, menos oito do que o Benfica e o campeão FC Porto, empatados no topo da classificação, enquanto o Nacional está em zona de despromoção, no 16.º e antepenúltimo posto, com 27 pontos.

O treinador do Sporting, que já foi também técnico do Ajax, clube em que treinou alguns dos atuais jogadores do atual plantel, comentou também o recente apuramento da antiga equipa para as meias-finais da Liga dos Campeões.

“Estou muito feliz por eles, porque estão a jogar muito bem e a mostrar a qualidade que têm. Para chegar a este nível, tem de se percorrer um longo caminho. Começou há alguns anos e o Ajax mostrou que uma equipa de orçamento mais baixo pode chegar longe”, argumentou.

Sê o primeiro a comentar: