Portugal
José Mota é o novo treinador do Desportivo de Chaves
2019-03-10 22:15:00
Tiago Fernandes rescindiu contrato no passado sábado

O treinador José Mota é o substituto de Tiago Fernandes no comando técnico do Desportivo de Chaves, anunciou hoje o clube que ocupa o 17.º e penúltimo lugar da I Liga portuguesa de futebol.

“Desejamos a José Mota e à sua equipa técnica os maiores sucessos pessoais e profissionais ao serviço do nosso emblema”, revelou o conjunto flaviense no seu sítio oficial na Internet, acrescentando que Paulo Sousa, João Silva e Tiago Ferreira farão parte da restante equipa técnica.

O clube de Trás-os-Montes anunciou a rescisão de contrato “por mútuo acordo” com Tiago Fernandes no sábado, um dia depois do empate em casa com o Rio Ave (1-1), para a 25.ª jornada da I Liga, na qual os flavienses estão em zona de despromoção.

Em 10 de dezembro, Tiago Fernandes já tinha substituído Daniel Ramos, treinador que iniciou a temporada no Desportivo de Chaves, que se tornou o primeiro clube do escalão principal a dispensar dois técnicos na época 2018/19.

O terceiro treinador da temporada para os transmontanos irá orientar o primeiro treino na segunda-feira, às 10:00, no relvado principal do Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves, indica o comunicado.

José Mota, de 55 anos, começou a presente temporada no Desportivo das Aves, tendo saído após 26 jogos, nos quais somou um total de sete vitórias, três no principal escalão, em 17 jornadas.

Na temporada passada, o antigo treinador de clubes como Paços de Ferreira, Belenenses, Setúbal e Feirense assumiu a liderança do Desportivo das Aves à 20.ª jornada da prova, em lugar de descida, tendo conseguido assegurar a manutenção no escalão principal.

Os avenses conquistaram ainda a Taça de Portugal, pela primeira vez na história do clube, ao baterem na final o Sporting, por 2-1.

No Desportivo de Chaves, a estreia de José Mota será, precisamente, frente ao Desportivo das Aves, no domingo, às 15:00, para a 26.ª jornada da I Liga.

Sê o primeiro a comentar: