Portugal
Jogador do SC Espinho diz que adeptos do clube lhe chamaram "preto do c..."
2018-02-06 08:00:00
Gilson Varela diz que já foi vítima de atos racismo, mas nunca de adeptos da própria equipa

O jogador do SC Espinho Gilson Varela denunciou alguns atos racistas de que foi alvo por parte dos adeptos do clube espinhense. O jogador cabo-verdiano usou as redes sociais para expor o caso e revelou que foi várias vezes alvo de comportamentos racistas, mas sentiu-se surpreendido por ver adeptos da equipa em que joga a atacá-lo racialmente. O SC Espinho disputa, atualmente, a Série B do Campeonato de Portugal.

Leia na íntegra a mensagem de Gilson Varela:

"Quando cheguei ao Sporting Clube Espinho, senti muito carinho pelos meus adeptos: 'os verdadeiros tigres-desnorteados". Até hoje sinto-me acarinhado por eles. Acontece que esta semana deparei-me com um episódio um pouco caricato, vindo de alguns parvos que nem fazem parte dos Desnorteados. Ao longo de toda a minha carreira, já sofri vários atos de racismo por adeptos adversários. Mas sofrer atos de racismo vindos da tua massa associativa é algo vergonhoso. Ontem senti uma revolta em mim porque um ou dois adeptos chamaram-me "preto do c......", por ter errado um passe. Eu não admito qualquer ato de racismo no futebol, mesmo que seja para atacar um irmão africano. Gostava mesmo de saber quem são estas pessoas. Se realmente são homens de verdade, que me venham chamar 'preto do c......" cara a cara. Quando eu marcava golos estava tudo bem. Podem criticar-me, mandar-me para o c......, para o que vocês quiserem, mas não vou admitir que sejam racistas comigo, porque eu corro por vocês, e dou tudo de mim, pela minha equipa e meus colegas. 'Eu sei quem sou, de onde sou e para onde vou. Eu sei que sou, de onde sou e para onde vou. Não ligo nada, porque os cães ladram, mas a caravana nunca vai passar. Se me querem dizer algo, que enviem mensagem. Que seja a primeira e última vez que ouço alguns adeptos a chamarem-me de 'preto'. Sou do Espinho, e essa paixão, que tenho pelo clube e pelos meus adeptos é fenomenal. Por isso, não queiram pôr o meu profissionalismo em causa. Abraço a todos. Espinho até à morte."

Sê o primeiro a comentar: