Portugal
João Henriques espera "Benfica muito forte" mas garante "incerteza no resultado"
2020-06-22 13:55:00
Técnico do Santa Clara antevê jogo difícil no Estádio da Luz, mas lembra que tem objetivos por cumprir

O treinador João Henriques disse hoje que o Santa Clara vai apresentar uma equipa competitiva diante do líder Benfica, prevendo que a "incerteza" quanto ao vencedor se mantenha até ao fim do encontro da I Liga de futebol.

"Temos toda a confiança no nosso trabalho. Vamos fazê-lo bem, ser competitivos, vamos disputar o jogo com toda a certeza e o resultado final vai ser uma incerteza", declarou hoje o técnico dos açorianos, João Henriques, em conferência de imprensa realizada na Cidade do Futebol, casa do Santa Clara até final do campeonato, devido à pandemia de covid-19.

O treinador assumiu que a equipa terá se apresentar no seu "melhor" para vencer na terça-feira os atuais campeões nacionais, no embate da 28.ª jornada da prova.

Assumindo ter um "trabalho árduo" pela frente, João Henriques disse esperar um Benfica "muito forte", apesar da equipa da Luz não ganhar em casa há quatro jogos.

"São fases que estas equipas têm. O que não quer dizer que tenha terminado com uma vitória diante do Rio Ave, nem que, anteriormente, era uma equipa fraca. Nunca foram, sempre foram uma equipa muito forte", destacou.

Nos últimos cinco jogos, o Benfica soma quatro empates, diante de Moreirense, Vitória de Setúbal, Tondela e Portimonense, e uma vitória, frente ao Rio Ave, na última jornada.

O técnico, de 47 anos, relevou que as equipas grandes estão sob "pressão da primeira à última jornada", rejeitando a possibilidade de o Santa Clara beneficiar com a fase menos positiva do Benfica.

"Não vamos tirar partido de absolutamente nada. Aquilo que vamos fazer é o nosso jogo, com a nossa forma de encarar cada um dos adversários, como temos vindo a fazer até aqui, e com todo o respeito pelo adversário, mas sem receio algum de defrontar o Benfica", apontou.

Nos últimos quatro jogos, o Santa Clara somou três empates, diante de Portimonense (na última jornada), Vitória de Setúbal e Gil Vicente, e uma vitória, frente ao Sporting de Braga.

Com a manutenção praticamente assegurada, João Henriques diz que a equipa irá continuar a ser "competitiva" para atingir a "melhor classificação possível".

"A manutenção está muito perto de ser conquistada matematicamente, mas temos outros objetivos. Queremos alcançar a melhor classificação possível e esses três pontos [diante do Benfica] são importantes para esse objetivo", afirmou.

O treinador considerou que jogar num estádio da Luz sem adeptos, face às restrições provocadas pela pandemia de covid-19, ajuda a colocar o Santa Clara em "pé de igualdade" com o Benfica, porque a "ausência de público prejudica mais as equipas grandes".

"Principalmente para os grandes, a ausência é muito significativa. O impacto que tem nos jogos e pela forma como galvaniza a própria equipa, a forma como cria pressão no adversário e cria pressão na equipa de arbitragem - é um facto, são seres humanos como nós", salientou.

O Benfica, primeiro classificado, com 64 pontos (os mesmos do FC Porto), recebe o Santa Clara, nono, com 35, na terça-feira, às 19:15, em jogo a contar para a 28.ª jornada da I Liga de futebol.