Portugal
Ivo Vieira garante motivação no Moreirense mesmo sem inscrição na UEFA
2019-03-01 15:15:00
Clube de Guimarães não cumpriu os pressupostos de inscrição nas competições europeias

O treinador Ivo Vieira assegurou hoje a manutenção da motivação no Moreirense, independentemente da eventualidade de o clube, atual quinto da I Liga de futebol, não se ter inscrito nas competições europeias.

"Até este momento não tenho nenhuma confirmação dessa situação. É uma questão que tem de ser direcionada à SAD, à direção. Isso não me diz respeito. Nós vamos lutar pelo lugar que ocupamos neste momento para no mínimo mantê-lo. Sei que vai ser difícil, mas tenho confiança naquilo que os jogadores valem. Vamos continuar a lutar jogo a jogo", disse Ivo Vieira.

A imprensa desportiva avança hoje que o clube de Guimarães "não cumpriu com todos os pressupostos anteriores", nomeadamente a pré-inscrição na data legal na primeira fase (dia 20 de dezembro, a data limite para uma candidatura inicial), sendo que hoje, 01 de março, é o prazo limite para a entrega dos documentos finais.

Contactado pela agência Lusa, o presidente do Moreirense, Vítor Magalhães, não quis esclarecer o tema, nem confirmou se o clube procurou ou não se inscrever nas competições europeias num ano em que, de forma algo surpreendente face à história e habitual trajeto do clube, se tem classificado semana após semana em lugares de acesso à Europa.

“Não é o momento para falar do assunto nem esclarecer o que quer que seja. O Moreirense está a trabalhar normalmente como desde o início da época", disse Vítor Magalhães.

Já Ivo Vieira, que falava aos jornalistas na conferência de imprensa de antevisão à receção de sábado ao Vitória de Setúbal a contar para a 24.ª jornada da I Liga, frisou que essa questão "não põe em causa o trabalho".

"Tenho uma função aqui muito bem definida que é treinar os jogadores para o jogo. Isso não põe em causa o trabalho. Tenho de motivar os jogadores e tenho de fazer com que sejam competitivos", disse o técnico.

Já questionado sobre se esta situação pode trazer repercussões ao trabalho diário, nomeadamente falta de motivação dos jogadores ou frustração na equipa técnica, Ivo Vieira mostrou-se confiante no dia a dia do clube.

"Tenho um passado difícil, lutei muito para chegar onde estou, aquilo que acontece diariamente não são surpresas. Já estou calejado em todos os aspetos da vida e nada do que possa aconteça me preocupa ou abala. E não posso fazer futurologia e pensar o que vai acontecer", referiu.

Quanto a eventuais expectativas da massa adepta, o treinador disse compreender, mas avançou que não lhe cabe "abraçar causas".

"Quem gosta realmente do Moreirense tem o direito a expressar-se. Isso é uma situação que não posso controlar. São sentimentos e comportamentos. Não vou abraçar causas. Tenho de ser equilibrado. A minha função é fazer o melhor trabalho possível", concluiu.

Moreirense, quinto classificado com 41 pontos, e Vitória de Setúbal, 13.º com 23, defrontam-se no sábado às 18:00 no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, em jogo da 24.ª jornada da I Liga.

Sê o primeiro a comentar: