Portugal
Hugo Miguel e Luís Godinho de castigo após arbitragem em Vila do Conde
2019-05-14 11:10:00
Árbitro e VAR do encontro entre Rio Ave e Benfica não constarão das nomeações para a derradeira jornada

Segundo avança o jornal A Bola nesta terça-feira, o árbitro do Rio Ave-Benfica, Hugo Miguel, assim como o VAR, Luís Godinho, vão ficar fora das nomeações para a 34.ª jornada, em virtude dos erros de arbitragem no encontro de Vila do Conde.

Trata-se de um procedimento normal, sempre que o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol considera que há falhas graves na prestação dos juízes.

Ainda segundo aquele diário, Hugo Miguel e Luís Godinho deverão ter de explicar algumas das decisões que tomaram naquela partida, em particular o lance que dá origem ao segundo golo do Benfica.

Os encarnados, recorde-se, venceram por 3-2, no Estádio dos Arcos, resultado que permitiu manter a liderança do campeonato, com dois pontos de vantagem relativamente ao FC Porto, à partida para a 34.ª ronda do campeonato.

O Benfica vai receber o Santa Clara, enquanto o FC Porto, também na condição de anfitrião, defronta o Sporting, no fecho da I Liga.

Em caso de vitória ou empate, o clube da Luz sagra-se campeão. Em caso de derrota, pode perder o primeiro lugar para o FC Porto, que está obrigado a vencer o conjunto de Alvalade.

Sê o primeiro a comentar: