Portugal
"Hoje também vi o Braga a perder algum tempo nas bolas paradas", diz Nuno Manta
2019-10-13 18:40:00
Técnico do Marítimo após a derrota para a Taça da Liga

Nuno Manta Santos, treinador do Marítimo, reconheceu a superioridade do SC Braga na primeira parte do encontro deste domingo, para o grupo A da Taça da Liga, que os minhotos venceram por 2-1. 

"Na primeira parte, o Marítimo esteve muito tímido, muito encolhido, respeitou muito o seu adversário, e o Braga foi melhor, marcou dois golos e podia ter marcado mais. Há um lance capital na primeira parte, um penálti a favor do Marítimo que podia ter mudado a história da primeira parte", começou por dizer, em conferência de imprensa. 

"Na segunda parte, depois de uma conversa ao intervalo no sentido de que não podíamos recear tanto o adversário, houve um Marítimo melhor, mais forte e agressivo, mais intenso, a ir para cima e a dividir o jogo, podia ter feito mais golos e também sofrido", acrescentou.

Questionado pelas críticas de Sá Pinto aquando do jogo do campeonato, Nuno Manta Santos falou numa "estratégia" e referiu que também viu "o Braga perder algum tempo". 

"Podíamos falar muito sobre o discurso dos treinadores. O Marítimo veio com uma estratégia para esse jogo e conseguiu enervar o Braga e os seus adeptos, esteve a vencer e podia ter matado o jogo pelo Edgar Costa, não o fez e empatou 2-2, para o Marítimo foi um resultado positivo. Hoje também vi o Braga a perder algum tempo nas bolas paradas, para alguns é antijogo, para outros é gestão, depende de como se interpreta", concluiu.