Portugal
"Grande parte do título também tem de ser atribuído a Luís Gonçalves"
2020-07-13 14:00:00
Guilherme Aguiar realça os méritos do diretor geral azul e branco

O FC Porto está a um ponto de conquistar o título e até poderá fazer a festa no sofá, no caso do Benfica escorregar frente ao Vitória de Guimarães.

Antigo vice-presidente do FC Porto, Guilherme Aguiar elogia o trabalho de Sérgio Conceição, afinal "o grande resistente", pela forma como soube conduzir o plantel mas também atira o nome de Luís Gonçalves para as luzes do sucesso.

"Uma pessoa extraordinariamente discreta, exceto quando está sentado no banco, situação em que de vez em quando é demasiado emotivo", assinalou Guilherme Aguiar, em declarações à Renascença.

Realçando o trabalho que o diretor-geral do FC Porto tem feito na 'sombra', Guilherme Aguiar destaca alguns méritos que o engenheiro tem tido na estrutura azul e branca.

"Muito do que se fez, da reabilitação anímica e mental dos jogadores, do equilíbrio que se foi passando no plantel e no departamento de futebol, quando os resultados não apareceram, é trabalho dele. Grande parte do título também tem de lhe ser atribuído".

A verdade é que em breve o FC Porto poderá ser campeão e Guilherme Aguiar apela aos adeptos para que cumpram regras de distanciamento social por conta da pandemia.

"Um título do FC Porto, por muito valioso que seja, por muito mérito e repercussão que possa ter, não vale a saúde de cada um de nós."

Tags: