Portugal
Godinho Lopes diz que tinha acordo com Soares de Oliveira
2018-10-09 08:10:00
O antigo presidente do Sporting garante que Jorge Jesus e o CEO da SAD do Benfica iam mudar-se para Alvalade

Luís Godinho Lopes revelou que antes de deixar a presidência do Sporting, em março de 2013 tinha acordo para que Jorge Jesus, então treinador do Benfica, e Domingo Soares de Oliveira, administrador da SAD dos encarnados, se mudassem para o Sporting no final da época 2012/13. As revelações foram feitas numa entrevista publicada pelo jornal “A’Bola”.

“É verdade. Tinha Jorge Jesus e Domingos Soares Oliveira quando fui corrido. Falei com Jorge Jesus, a primeira vez em dezembro de 2012. Tínhamos combinado que seria no final dessa época. Os valores? Metade daquilo que Bruno de Carvalho pagou. Vinha ele e vinha o Domingos Soares de OLiveira. REuni-me com ele. É sportinguista, excelente gestor e grande trabalho no Benfica”, revelou.

Sobre Bruno de Carvalho e o diferendo que manteve com o antigo presidente do Sporting, Godinho Lopes explicou que não o surpreendeu a saída do antigo líder máximo dos leões, mas sim o facto de ter lá ficado tanto tempo.

“O que me surpreendeu foi a entrada, não sa saída. Não faço parte do grupo do perdoa-me, daqueles que dizem que ele esteve muito bem no primeiro ano, que o levaram ao colo e que agora vêm dizer que só no final esteve mal. Não sei como é possível alguém que nunca fez nada até aos 41 anos chegar e de repente é um milagreiro. Só estou surpreendido por ele lá ter estado cinco anos”, atirou.

De recordar que Godinho Lopes presidiu o Sporting entre 2011 e 2013, altura em que perdeu as eleições para Bruno de Carvalho.