Portugal
FPF e Liga preparadas para VAR funcionar mesmo sem transmissão televisiva
2019-07-31 12:10:00
Moreirense não tem contrato firmado com operador nos jogos caseiros

A Liga de Clubes e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) estão tranquilas quanto ao facto de não existir contrato entre Moreirense e um operador, tendo em vista a transmissão dos jogos no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, e cientes de que isso não compromete o VAR.

De acordo com o 'Record', os organismos que gerem o futebol português têm mecanismo alternativo para fazer chegar as imagens dos encontros à Cidade do Futebol, onde está montado o 'quartel-general' do VAR e onde as equipas de VAR auxiliam os árbitros nos estádios.

Apesar do Moreirense não ter, nesta altura, contrato firmado com nenhum operador, Liga e FPF permanecem confiantes de que as imagens não vão faltar em Lisboa, quando arrancarem as competições.

O operador, recorde-se, terá apresentado uma proposta para a renovação do contrato na ordem dos 3,5 milhões de euros. Mas esta verba não terá agradado aos dirigentes do Moreirense que pretendem um encaixe superior.