Portugal
Folha critica mercado de inverno: “É exagerado e cria instabilidade”
2019-01-18 13:20:00
Técnico do Portimonense considera que um mês é "um período muito longo"

O treinador do Portimonense, António Folha, criticou a reabertura do mercado de transferências em janeiro.

Na antevisão do encontro com o Boavista, a contar para a 18.ª jornada da I Liga, o técnico defendeu que “um período mais curto não causaria tanta intranquilidade às equipas”.

“Acho que é exagerado, cria instabilidade para os grupos de trabalho. O período é muito longo e acaba por alterar a verdade desportiva. As pessoas deviam repensar o problema, porque seria melhor para todos”, apontou António Folha, em declarações aos jornalistas, citadas pela agência Lusa.

O Portimonense desloca-se ao Bessa, no domingo, privado do avançado japonês Nakajima, que está lesionado. Também o médio Ewerton, emprestado pelo FC Porto aos japoneses do Urawa Reds, está fora da partida.

“São bastantes problemas para uma equipa como a nossa, mas temos de trabalhar com os que temos”, disse.

Diante do Boavista, o técnico dos algarvios espera “um jogo muito complicado, porque o Boavista é um clube histórico, com uma equipa muito competitiva e a jogar no seu estádio tem um público que puxa pela equipa, independentemente do lugar que ocupa na classificação”.

O jogo está marcado para domingo, às 17h30, no Estádio do Bessa, no Porto.

Sê o primeiro a comentar: