Portugal
"Não prevíamos uma primeira parte sem chama, sem alegria de jogar"
2019-09-29 21:40:00
Portimonense perdeu em casa frente ao SC Braga

António Folha, treinador do Portimonense, reconheceu as dificuldades sentidas no jogo deste domingo, frente ao SC Braga, que os minhotos venceram por 1-0. Em conferência de imprnesa, o técnico dos algarvios admitiu que viu uma equipa "sem chama e sem alegria de jogar" na primeira parte, em contraponto à "excelente" segunda metade. 

"Foi um jogo um muito difícil para nós, tal como prevíamos. No entanto, não prevíamos era que fosse uma primeira parte sem chama, sem alegria de jogar. Foi isso que senti da minha equipa. Há jogos assim, a nossa primeira parte não foi de longe nem de perto o que queremos para o nosso futebol. Retificámos algumas coisas na segunda parte, trouxemos coisas boas, e posso considerar que fizemos uma excelente segunda parte", começou por dizer. 

"Estamos tristes pelo resultado e por aquilo que fizemos na primeira parte, mas contentes com a segunda parte. Temos muito que analisar e corrigir do que fizemos na primeira parte, período em que o Braga teve mérito, mas a minha equipa não foi competente. Por outro lado, na segunda parte, não considero que foi demérito do Sporting de Braga, mas sim mérito nosso", acrescentou. 

"Hoje não fomos competentes na primeira parte, não fizemos o que costumamos fazer. Temos de ter mais paciência e não podemos desorganizarmo-nos em determinadas alturas, porque quando isso acontece as coisas ficam mais difíceis e não conseguimos desenvolver o jogo que queremos. No entanto, na segunda parte fizemos tudo para chegar ao empate, mas não o conseguimos", rematou Folha.