Portugal
Filipe Rocha espera Benfica "poderosíssimo" mas quer pontuar na Luz
2019-08-09 14:30:00
Técnico do Paços de Ferreira espera entrada com o 'pé direito' no campeonato

O treinador Filipe Rocha disse hoje que o Paços de Ferreira está interessado em "entrar bem" na I Liga portuguesa de futebol, procurando enervar o Benfica, na Luz, e "retardar ao máximo" o golo dos campeões nacionais.

O treinador do Paços de Ferreira, que falava na antevisão ao jogo de sábado, da ronda inaugural do campeonato, disse "olhar de forma positiva" para a visita ao Benfica, "uma equipa poderosa, moralizada, com um trabalho com este treinador há algum tempo", mas sem reverências de qualquer espécie.

"Será um jogo difícil, duríssimo, [o Benfica] é um adversário poderosíssimo em sua casa, mas foi para isso que quisemos subir de divisão. O Paços quer estar na elite e demonstrar que também tem valor, jogadores de qualidade, uma equipa organizada e capaz de praticar bom futebol", disse Filipe Rocha.

O jovem técnico, de 47 anos, disse mesmo estar apostado em provar que o Paços merece estar na I Liga, o equivalente a conseguir apresentar "uma equipa equilibrada, que saiba defender e colocar os adversários em dificuldades em todos os estádios, deixando os pacenses orgulhosos".

"Defrontar o campeão nacional, e em sua casa, é um trabalho mais difícil, mas o jogo também vai servir para percebermos em que ponto está a equipa e o que é preciso afinar, em termos de opções e qualidade do jogo", sublinhou.

Sobre a estratégia para o jogo na Luz, Filipe Rocha, nome pelo qual faz questão de ser tratado o treinador que também é conhecido por Filó, disse estar convencido de que "o Benfica vai querer pressionar alto", assegurando que a equipa "treinou e preparou-se para isso durante a semana", para "evitar ser uma equipa encolhida" e "capaz de colocar [o Benfica] em situações defensivas e a sentir o perigo".

"Costumo dizer que o controlo do jogo se mede pelos golos que se marcam, também, não só pelo controlo da bola. Os golos é que vão determinar a capacidade de reação do adversário. [Ao Paços] Interessa entrar bem no jogo, retardar ao máximo o golo e procurar enervar o adversário, apesar de o Benfica ser uma equipa experiente e não acredito que vá entrar em ansiedade por não marcar um golo cedo", referiu.

Filipe Rocha vai treinar pela primeira vez na I Liga, mas mostrou estar identificado com a nova realidade, definindo e estabelecendo como princípios de jogo "cometer o mínimo de falhas defensivas, porque os erros pagam-se caro, e ser o mais eficaz no ataque", tendo em conta que "o nível das equipas é muito equilibrado e, às vezes, os detalhes fazem a diferença".

Benfica e Paços de Ferreira, campeões nacionais da I e II Ligas, respetivamente, defrontam-se no estádio da Luz, no sábado, a partir das 21:30, para a jornada inaugural do campeonato.