Portugal
Fernando Madureira explica apoio dos Super Dragões na visita ao Famalicão
2020-06-01 19:10:00
PSP e DGS já reagiram à iniciativa da claque

O líder da claque portista Super Dragões, Fernando Madureira, salientou que a deslocação a Famalicão, para apoiar o FC Porto no regresso do campeonato, será feita de acordo com todas as regras sanitárias.

"Como sempre dissemos e fizemos, iremos respeitar e cumprir todas as regras da Direção-Geral da Saúde (DGS), as ordens da polícia e as indicações do Governo", afirmou Fernando Madureira, em declarações à SIC Notícias, após a DGS e a PSP terem 'torcido o nariz' à iniciativa da claque.

"Não vamos para causar incómodo, nem colocar em causa a saúde de ninguém. Vamos para apoiar o clube a cumprir as normas, utilizando máscaras e desinfetando as mãos com álcool em gel. Vamos ser cerca de 200 ou 300, mas espalhados, cumprindo as regras de distanciamento social, não vamos pôr em causa a nossa saúde, nem a de ninguém", reforçou o líder dos Super Dragões.

Depois da DGS ter alertado que as concentrações junto dos estádios podem "deitar tudo a perder", o responsável pela claque garantiu que não vai ser pelos Super Dragões que o campeonato voltará a ser suspenso.

"Queremos que a I Liga termine e não vai ser por nós que isso não vai acontecer, porque vamos cumprir todas as regras. [O apoio ao FC Porto em Famalicão] vai ser difícil, mas a ocasião e altura assim o exige. Mesmo sem ver o jogo, podemos acompanhar pelo rádio e ver no telemóvel", concluiu Fernando Madureira.