Portugal
Fabrício: "Festejei o golo do Pires enquanto estava a ser cosido"
Redação Bancada
2018-03-13 08:10:00
"Foi bem feio, o momento mais arrepiante da minha carreira", confessou Fabrício sobre o choque com Douglas.

Fabrício teve que ser suturado com 20 pontos na coxa na sequência de um lance com Douglas no Portimonense-Vitória de Guimarães de domingo, mas nem por isso o avançado brasileiro deixou de festejar o golo do colega de equipa Pires, que deu o triunfo aos algarvios sobre os vimaranenses (2-1). Estava a ser cosido quando o Pires marcou o segundo golo e, mesmo com bastantes dores e muito sofrimento, festejei", confessou o atacante do conjunto de Portimão, declarações reproduzidas pelo jornal Record.

O avançado brasileiro recordou ainda o momento do lance. "Foi bem feio, o momento mais arrepiante da minha carreira. Ia em grande velocidade e o choque rasgou inclusive o calção térmico, que ficou em pedaços. No momento do choque fiquei com falta de ar e a minha preocupação passava apenas por recuperar para voltar ao jogo. Quase ao mesmo tempo, senti uma dor muito forte, que rapidamente se tornou insuportável, mas só quando vi o enorme rasgão na coxa é que percebi que não iria poder continuar em campo", revelou o jogador.

Ainda assim, não obstante a lesão, Fabrício mostrou-se satisfeito com os três pontos conquistados pelo Portimonense. "Fiquei satisfeito por a equipa ter alcançado um triunfo que nos deixa mais perto do nosso objetivo."

Sê o primeiro a comentar: