Portugal
"Eu diria pior", revela Neto sobre áudios de Bruno Fernandes
2019-10-09 10:45:00
Central deixa elogios ao capitão de equipa

Luís Neto, internacional português que chegou esta temporada ao Sporting, foi questionado sobre os áudios que foram tornados públicos de conversas privadas de Bruno Fernandes e não tem problema em assumir que se lhe metessem uma escuta em casa diria "pior" do que aquilo que foi tido pelo capitão verde e branco.

"Acho que é uma coisa privada. Eu tenho a certeza que qualquer jogador, no final de um jogo e depois de uma derrota... Eu próprio: se me metessem uma escuta em casa, de certeza absoluta que diria pior", esclarece o central.

Em declarações aos jornalistas, em Alcochete, nesta quarta-feira, Neto elogio o capitão.

"Interessa-me aquilo que o Bruno diz dentro do balneário, a forma íntegra e profissional que enfrentou, desde junho, os rumores de saída tudo aquilo que tem acontecido até agora, a situação do Bessa, a situação dos áudios, eu prefiro ouvir aquilo que o Bruno diz aqui", salientou.

Neto reforça ainda o papel que Bruno Fernandes tem desempenhado no clube desde a "responsabilidade de jogar num grande clube como o Sporting" à "exigência" que passa para o grupo de trabalho. "O resto é privado. Nem devia ter vindo a público."

O ex-central do Zenit referiu ainda que Bruno Fernandes "é um jogador importantíssimo no Sporting". "A influência do Bruno não é só dentro do campo, mas também fora de campo. E eu acho que isso aí é um bocadinho da parte técnica, que tem de ser trabalhada pelo míster, para termos também mesmo a nível de análise de adversário".

Neto explica ainda que a equipa leonina terá de encontrar em campo jogadores que causem surpresa e dificuldades aos adversários. Caso contrário, tentam "bloquear o Bruno ao máximo, seja de uma maneira ou de outra" e a equipa do fica "mais limitada".