Portugal
“Estamos preparados para fazer um jogo positivo”, garante José Mota
2019-04-05 13:35:00
Técnico do Desportivo de Chaves quer a sua equipa a anular as virtudes do Vitória de Guimarães em sua casa

O Desportivo de Chaves quer anular as virtudes do Vitória de Guimarães em sua casa e procurar um resultado positivo, no sábado, para a 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disse hoje o técnico José Mota.

 “O Vitória de Guimarães tem tido um comportamento intermitente, mas apenas nos jogos fora, pois em casa tem sido uma equipa com uma grande força e tem conseguido bons resultados”, alertou o treinador do emblema de Trás-os-Montes, na conferência de antevisão ao encontro de sábado, às 18:00, em Guimarães.

À espera de um Vitória de Guimarães, que ocupa o sexto lugar da I Liga com 42 pontos, à imagem do que tem sido nos jogos em casa, José Mota espera um “jogo difícil”, mas garante que a sua equipa tem dado “sinais positivos” e pode contrariar a equipa minhota.

“Conhecemos bem o adversário, quer em termos individuais como coletivos e podemos anular as suas virtudes. Temos sido uma equipa que tem percebido as fases do jogo e em Guimarães podemos ter posse de bola e criar perigo para conseguir um resultado positivo”, vincou.

Com o conjunto flaviense em lugares de descida, ocupando o 17.º e penúltimo lugar com 24 pontos, José Mota realçou ainda a “atitude” dos jogadores perante a “consciência das dificuldades”.

O treinador de 55 anos garantiu que o grupo de trabalho está “concentrado e preparado” para dar uma boa resposta em Guimarães e para sair da atual situação.

“Quando assim é, estamos preparados para fazer um jogo positivo”, lembrou.

Após duas partidas à frente dos transmontanos, José Mota soma uma vitória frente ao Desportivo das Aves, fora, e uma derrota em casa diante o Sporting, e considera que a sua equipa tem demonstrado “qualidade, atitude e coragem em termos mentais”.

“As dificuldades vão ser muitas, mas só com um grupo solidário é que as conseguimos ultrapassar”, atirou, esperando ainda uma atitude positiva para enfrentar os sete jogos restantes do campeonato.

Oficializado como o terceiro treinador da época do Desportivo de Chaves a 10 de março, José Mota caminha para o primeiro mês à frente de um clube que vê com capacidade “humanas e estruturais”.

O técnico, que não divulgou a lista de convocados e não pode contar com os médios Jefferson, por castigo, e Filipe Melo, por lesão, explicou que o clube transmontano “sabe receber” e procura que nada falte aos profissionais, e que em termos estruturais tem “crescido muito”.

“Aqui o papel do treinador é só treinar e não se preocupar com mais outras coisas, ao contrário de outros clubes”, analisou.

O Desportivo de Chaves, que ocupa o 17.º e penúltimo lugar com 24 pontos, defronta o Vitória de Guimarães, 6.º colocado com 42 pontos, para a 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, partida que se realiza no sábado, às 18:00, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Sê o primeiro a comentar: