Portugal
"Esta vitória é para a minha mãe e para o meu cunhado", dedica Fernando Santos
2019-06-09 22:10:00
Selecionado Nacional dedicou a vitória à família

Minutos após a conquista da Liga das Nações, o selecionador nacional sublinhou o sentimento de família que se sente no seio da comitiva das quinas, elogiou os jogadores e deixou uma palavra especial à sua mãe e cunhado. 

"Vamos atrás dos objetivos, procurámos com toda a nossa capacidade. Os jogadores têm sido inexcedíveis, porque é sempre muito difícil com apenas três, quatro ou cinco dias de trabalho e virem de equipas diferentes. Sempre muito difícil, mas foram inexcedíveis em termos de aplicação, atenção. Esta é muito a vitória deles, muito fruto desse trabalho e das ótimas condições de trabalho que a Federação Portuguesa de Futebol nos dá. Aqueles que fazem parte e criaram esta família, que vem de há vários anos. Há cinco anos comigo, esta família é quase indestrutível. Nem sempre as coisas correm como queremos, mas isso não destrói a nossa família, que acredita sempre, sabe do que é capaz e pode fazer. E tem consciência disso", começou por dizer.

"Sabíamos que podíamos vencer este jogo, um adversário fortíssimo pela frente, mas sabíamos das nossas capacidades. Sempre disse aos jogadores que sempre acreditaram que podíamos vencer. Respeito e responsabilidade pelo grande adversário. Agora que ganhámos à Holanda, se calhar estão um bocadinho cansados, mas é uma grande equipa e Portugal fez um excelente jogo. Estes jogadores têm feito um trabalho fantástico, inexcedível. Não tenho tempo para criar rotinas, automatismos, é muito difícil. Os jogadores acreditam no treinador, tentam fazer bem. Às vezes não sai bem a mim ou a eles, às vezes as coisas não são tão perfeitas como queríamos, mas não é por falta de empenho meu ou dos jogadores. Eles respondem sempre bem a qualquer forma de jogar. Entendi que esta era hoje a melhor para ganhar. Continuo a pensar que o importante é vencer", acrescentou. 

"Quero partilhar o triunfo com a minha família, na bancada, que corre o mundo atrás de mim. Principalmente à minha mãe e cunhado, com os últimos meses muito dolorosos em termos de saúde. Também ao meu primo. Esta vitória é para a minha mãe e para o meu cunhado", afirmou Fernando Santos à RTP.