Portugal
“Espero que os protagonistas não olhem para o próprio umbigo”, diz Evangelista
2020-04-28 23:20:00
Presidente do Sindicato dos Jogadores considera que há articulação entre futebol e Governo

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, falou sobre a reunião de António Costa com os presidentes do FC Porto, Sporting, Benfica, Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

Em declarações à RTP, o dirigente afirma que saiu algo de positivo do encontro de hoje e considera que há entendimento entre as entidades que regem o futebol em Portugal e o Governo.

“Há um sinal muito positivo no futebol português: a união do presidente da Federação, dos três principais dirigentes e do presidente da Liga com o Governo. É importante porque, em definitivo, há uma articulação entre o Governo e o futebol, que não parecia existir, e isso é muito importante neste momento”, referiu Joaquim Evangelista.

Com as competições interrompidas, são vários os clubes que entraram em ‘lay-off’ ou que cortaram nos salários dos futebolistas para impedir um maior impacto financeiro nas suas contas.

Garantindo que os emblemas estão a adotar o princípio do Sindicato, Joaquim Evangelista pede responsabilidade a todos os intervenientes do futebol.

“Espero que os protagonistas saibam honrar a responsabilidade, ir ao encontro de todos, com princípio de solidariedade e que não andem só a olhar para o próprio umbigo”, comentou.

O presidente do SJPF vê na pandemia da Covid-19 uma oportunidade única para mudar comportamentos no futebol português, deixando uma palavra critica aos dirigentes dos clubes em Portugal.

“Temos de olhar para esta crise como uma oportunidade para o futebol se ajustar à realidade. Os dirigentes não podem continuar a comportar-se de forma irresponsável”, salientou.

À saída de São Bento, Fernando Gomes, presidente da FPF, revelou que a retoma do futebol profissional “está dependente das autoridades de saúde”.