Portugal
Empresário de Herrera garante: "Não vai abandonar a equipa a meio da temporada"
Redação Bancada
2018-09-14 10:05:00
Gabriel Moraes negou qualquer aproximação do Real Madrid

Muito se tem falado sobre o futuro de Hector Herrera já que o capitão do FC Porto entra, em 2018/19, na sua última época de contrato com os dragões. Os últimos rumores dão conta de uma aproximação de Julen Lopetegui com o intuito de levar o médio mexicano para o Real Madrid. No entanto, Gabriel Moraes, empresário Herrera, negou qualquer tipo de contactos com o antigo treinador dos azuis e brancos: “Essa notícia não tem fundamento. Zero”, atirou.

O empresário revelou, contudo, em entrevista ao jornal “O’Jogo”, ter recebido muitas propostas por Herrera durante o último defeso, nenhuma delas de agrado para o FC Porto: “Tive contactos com muitos clubes, no verão, mas ninguém chegou a acordo com o FC Porto e o Hector respeitou a decisão. Ele só está focado no FC Porto, é o capitão e tem pela frente muitos jogos importantes. Ele só está focado nisso”, garantiu.

Sobre o eventual interesse do Real Madrid no capitão do FC Porto, quem em janeiro pode assinar por qualquer clube, caso a sua situação contratual com os dragões permaneça com as atuais condições, Moraes foi taxativo: “O Real Madrid tem um meio-campo muito forte e não é uma posição para a qual estejam a procurar reforços. Essa história tem zero sentido; não houve reunião”, reforçou.

Relativamente ao futuro de Hector Herrera, Gabriel Moraes garantiu que o jogador está apenas focado no FC Porto, clube com qual tem contrato até ao final da presente temporada, depois logo se verá: “O Hector estará no FC Porto, no mínimo, até 30 de junho de 2019, que é quando acaba o contrato. Mas de forma nenhuma vai sair a meio da temporada. “No momento certo falarei com o Hector e ele tomará a decisão final. Foi sempre assim que trabalhámos, porque, como toda a gente diz, ele é um profissional que se foca apenas no hoje não nas possibilidades de amanhã”, referiu.

O agente afirmou ainda que até janeiro vai entrar em contacto com o FC Porto para que a situação seja resolvida: “Ele é o capitão e leva isso muito a sério. Não vai abandonar a equipa a meio da luta pelos títulos. O meu trabalho é conversar com o FC Porto para tentar resolver a situação. É o que vou fazer. temos muito tempo até janeiro e eu vou falar bastantes vezes com o FC Porto”, sublinhou.

Sê o primeiro a comentar: