Portugal
"É um resultado injusto num jogo que fica marcado pela não expulsão do Sacko"
2019-03-04 23:55:00
Petit critica a arbitragem após derrota em Guimarães

Petit, treinador do Marítimo, diz que a derrota dos insulares frente ao Vitória de Guimarães, no encerramento da 24.ª jornada da Liga, ficou marcada pela "não expulsão" de Sacko, ainda no decorrer da primeira parte. 

"Entrámos muito bem no jogo. Nos primeiros cinco, 10 minutos, tivemos três oportunidades para golo. Viemos com uma estratégia para pressionar alto a saída do Vitória. Na primeira parte, fomos a melhor equipa. O jogo fica marcado por essa entrada aos 30 minutos, sobre o Rúben [Ferreira], que o obrigou a sair. Cinco minutos depois, o Sacko agarrou o Barrera e não viu o segundo amarelo. Mas [o árbitro] mostrou pouco depois um amarelo ao René [Santos], num lance idêntico", começou por analisar Petit. 

"Na segunda parte, baixámos o bloco. Depois, sabemos que o [Vitória de] Guimarães é uma equipa muito perigosa nos lances de bola parada, que envolve muita gente, e gerou-se ali alguma confusão na nossa equipa, com os adeptos a dificultarem-nos ainda mais a tarefa. É um resultado injusto num jogo que fica marcado pela não expulsão do Sacko", referiu. 

A concluir, Petit admitiu que tentou "aumentar a primeira fase de pressão" para estar mais tempo no meio-campo adversário, "mas já havia algum desgaste". 

Sê o primeiro a comentar: