Portugal
"É caricato que Benfica só agora desperte para problema que SC Braga antecipou"
2019-10-08 18:15:00
Dirigente dos guerreiros do Minho não se opõe à extinção da Taça da Liga

"Há muitos meses" que o SC Braga tem alertado para os problemas do calendário competitivo, pelo que António Marques, presidente da AG dos minhotos, considerou "caricato" que o Benfica "só agora desperte" para a situação.

Em entrevista à Renascença, o dirigente complementou a posição que o SC Braga já tinha tomado após o "ato de contrição" do Benfica.

"Não deixa de ser caricato que o Benfica só agora desperte para um problema que o Sporting de Braga já antecipou há muitos meses", provocou António Marques.

No entanto, o dirigente saúda este "despertar" do campeão nacional, dado o peso que o Benfica terá para 'renegociar' a calendarização do futebol português, algo que o presidente do SC Braga, António Salvador, "anda há meio ano a falar".

"Não sei se o despertar é tardio, mas nunca é tarde demais para se ajustar o que de errado está. A única coisa que não tem solução é a morte. Se houver vontade, se os clubes entenderem, terão de se sentar com a Liga Portugal, que marca os calendários", reforçou.

O dirigente minhoto referiu ainda que "o Benfica não esteve bem" ao 'vetar' a remarcação do jogo do SC Braga com o Boavista, o que levou mesmo o emblema minhoto a abandonar a Comissão Permanente de Calendários, no passado mês de setembro.

Questionado sobre o peso da Taça da Liga neste "problema" da calendarização, António Marques afirmou que não é contra uma eventual extinção da prova.

"Se se verificar que essa competição perturba o normal andamento dos clubes que estão nos campeonatos e nas competições europeias, é evidente que é um assunto que tem de ser discutido. É necessário discutir o assunto e rever, se for o caso. Se for melhor para o futebol português, quer para a competitividade nacional quer internacional, que se acabe com a Taça da Liga", defendeu o presidente da mesa da AG do SC Braga.

Tags: