Portugal
"É cada vez mais difícil. Temos de fazer nove pontos", admite Costinha
2019-04-28 18:45:00
Nacional numa posição delicada da tabela

Costinha, treinador do Nacional, reconhece que o objetivo da manutenção está cada vez mais difícil, depois da goleada sofrida frente ao Desportivo de Chaves. Em conferência de imprensa, o treinador sublinhou que o Nacional tem de vencer os três últimos jogos para continuar a sonhar com o objetivo de permanecer na I Liga. 

"O resultado explica-se porque o Chaves fez quatro golos e o Nacional apenas um. Até entrámos bem no jogo, mas sofremos três golos que são difíceis de entender. Aconteceram e a responsabilidade é única e exclusiva do treinador, porque sou eu que escolho os jogadores e a estratégia. Enervámos a equipa do Chaves com o empate, e tivemos duas ou três saídas que podíamos finalizar de forma diferente", analisou. 

"Acaba por ser um resultado muito mau para a nossa equipa. Queríamos somar três pontos, pois eram muito importantes. Ainda continuam pontos em disputa, as equipas têm de jogar entre elas e temos que honrar a camisola que vestimos", acrescentou. 

"Sinto que é cada vez mais difícil, mas não impossível. Neste momento passam a estar três ou quatro equipas a tentar fugir desta situação. Para isso temos de ganhar os três jogos, que equivalem a nove pontos. Não vale a pena fazer três pontos e depois um ponto, temos de fazer nove. Vamos defrontar equipas que estão na parte alta da tabela, o grau de dificuldade é maior, mas o clube honrou sempre os compromissos e nós temos de honrar a camisola", rematou. 

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa