Portugal
"Disse que não, não e não, até determinada altura", revela Dyego Sousa
2019-07-09 16:20:00
Avançado internacional por Portugal segue para a China e nega abordagens lusas

De malas feitas para a China, Dyego Sousa assume que não teve sondagens dos denominados clubes grandes portugueses. "Nunca me disseram nada. Se houvesse mesmo interesse, tinham chegado a mim. Ninguém chegou até mim e falou de algo".

O luso-brasileiro segue para o Shenzhen da Liga chinesa e explica que o clube o quis muito.

"Disse que não, não e não, até determinada altura. Agora achei uma boa opção ir para lá".

Apesar de mudar de clube, Dyego Sousa espera manter-se entre os eleitos de Fernando Santos na Seleção Nacional.

Dyego Sousa rende 15 milhões, sendo que uma parte entrará nos cofres do SC Braga e outra será para o Marítimo, que detinha uma percentagem do passe em eventual transferência.