Portugal
Chaves salva um ponto nos descontos em jogo com oito golos
2019-05-04 17:40:00
Último golo apontado aos 90+6 minutos

Oito meses e meio depois, o Feirense esteve a segundos de festejar novamente um triunfo na I Liga de futebol, mas Platiny, com o oitavo golo da tarde, resgatou um empate nos descontos para o Desportivo de Chaves.

Num jogo disputado a um ritmo elevado no Estádio Marcolino Castro, William deu vantagem ao Desportivo de Chaves (10), com um autogolo de Djavan a permitir a igualdade do Feirense (13), que deu a volta ao marcador no primeiro tempo por Vítor Bruno (37). Os flavienses empataram novamente por Maras (59), mas o Feirense respondeu com um golo de Babanco (70).

O Desportivo de Chaves repôs a igualdade por Platiny (73), mas um golo de Luís Machado (76) fez o Feirense voltar para a frente do marcador. O empate dos flavienses surgiu num último suspiro, num remate eficaz de Platiny (90+6), que deixa os transmontanos fora da zona de despromoção.

O Desportivo de Chaves adiantou-se cedo no marcador, quando, na sequência de um lançamento lateral, William surgiu à entrada da pequena área para desviar a bola de calcanhar para o fundo da baliza do Feirense, aos 10 minutos.

A resposta à desvantagem dos comandados de Filipe Martins foi imediata e, na sequência de um canto, um cabeceamento de Flávio Ramos levou a bola a embater na trave da baliza flaviense, que depois foi desviada pelas costas de Djavan para o golo do empate (13).

O jogo manteve-se equilibrado e, depois de um contra-ataque do Desportivo de Chaves, em que os visitantes ficam a reclamar grande penalidade, Filipe Martins recebeu ordem de expulsão na sequência uma confusão na zona do banco dos flavienses (26).

A saída de Filipe Martins não abalou o Feirense, equipa já despromovida, que acabou por dar a volta ao marcador aos 37 minutos, após um canto direto de Vítor Bruno.

Ainda antes do intervalo, o árbitro Manuel Mota assinalou grande penalidade a favor do Feirense, aos 42 minutos, por pretensa falta de Maras sobre Flávio Ramos, mas após consulta do videoárbitro acabou por recuar na decisão.

Em desvantagem, o Desportivo de Chaves teve uma entrada forte na segunda parte, e Luther obrigou Caio Secco a uma defesa chegada ao poste depois da cobrança de um livre direto, aos 51 minutos.

A igualdade no marcador acabou por acontecer pouco depois, quando Maras deu a melhor sequência a um cruzamento de Djavan, cabeceando com eficácia à entrada da pequena área (59).

O jogo entrou numa toada de parada e resposta o Feirense colocou-se novamente em vantagem por Babanco, que aproveitou uma desatenção da defesa flaviense para surgir na cara de António Filipe e rematar para o golo, aos 70 minutos.

Apesar disso, a vantagem do Feirense durou pouco tempo, já que Platiny apontou o terceiro golo do Desportivo de Chaves, segundos depois de ter entrado em campo, num cabeceamento colocado (73).

Pouco depois, foi a vez de Luís Machado finalizar uma boa iniciativa ofensiva do Feirense, colocando a sua equipa novamente na frente, após remate certeiro no coração da área, aos 76 minutos.

O jogo manteve-se intenso e em alto ritmo e o Feirense esteve perto de ampliar a vantagem num remate de Edosn Farias que acabou por embater na barra da baliza de António Filipe (78).

Quando a vitória do Feirense estava iminente, 30 jogos depois do triunfo na segunda jornada, o empate do Desportivo de Chaves, que se balanceou no ataque nos últimos minutos, surgiu já em período de compensação, num remate forte e colocado de Platiny (90+6).

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa