Portugal
"Poderei voltar a candidatar-me à presidência do Vitória", diz Pimenta Machado
2019-07-18 23:20:00
Declara apoio a candidato com o aviso de concorrer contra ele "se não concretizar" as promessas eleitorais

Presidente do Vitória de Guimarães durante 24 anos, Pimenta Machado 'entrou' na corrida eleitoral ao declarar apoio a Miguel Pinto Lisboa, mas com um 'aviso': se o candidato ganhar e não cumprir o que promete, terá de enfrentar nas urnas o próprio Pimenta Machado.

Foi através de um comunicado que o histórico dirigente do Vitória declarou apoio a Miguel Pinto Lisboa, um candidato que tem "manifestado conhecimentos de forma muito ponderada, muito sensata e sobretudo muito inteligente".

Para explicar esta posição, o ex-presidente, que se tem "mantido à margem das questões do clube" desde 2004, revelou ter "mágoa" por ver o clube nas mãos de "uma só pessoa".

"Eu estive 24 anos e o clube pertencia aos sócios", insistiu.

O presidente do Vitória de Guimarães, no entender de Pimenta Machado, tem de ser um "gestor" capaz de trazer "bons jogadores" e não uma "marioneta ao sabor de qualquer investidor".

"É com mágoa que verifico que o Braga está à frente do Vitória neste momento. Isto para mim era completamente impensável, porque o Vitória, no meu tempo, sempre esteve à frente do Braga", salientou o ex-dirigente.

No texto enviado às redações, Pimenta Machado citou mesmo o antigo presidente da Câmara de Braga, Mesquita Machado, que deu por finda a amizade entre ambos "porque o Braga entrava sempre desmotivado no campeonato porque nós ganhávamos sempre".

Ficou, então, declarado o apoio do ex-presidente do Vitória a Miguel Pinto Lisboa, com um aviso.

"Não tenho o mínimo rebuço, neste momento, em apelar ao voto na lista B e que o Miguel Pinto Lisboa consiga concretizar tudo na prática, depois de ganhar as eleições. Porque se não concretizar, eu poderei daqui a três anos voltar a candidatar-me à presidência do Vitória", finalizou Pimenta Machado.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa