Portugal
"Consequências nefastas" pois "estava em causa muita coisa, mesmo muita coisa"
2019-08-14 13:15:00
Ex-jogador portista lamenta derrota dos dragões que dita afastamento da Champions

Cândido Costa lamenta a eliminação do FC Porto das fases pré-eliminatórias da Liga dos Campeões e lembra que "estava em causa muita coisa". Por isso, há "consequências nefastas" que este afastamento acarreta.

"Acho que houve alguma sobranceria e o FC Porto achava que seria um figurino de uma equipa algo arrogante pelo primeiro jogo no Dragão. Alguns jogadores ainda não estão rotinados com aquilo que é preciso para jogar de forma agressiva e, em contra-ataque, o FC Porto foi claramente dilacerado", considerou Cândido Costa, em declarações à 'Renascença'.

Socorrendo-se da atual crise energética que o país atravessa, o ex-jogador azul e branco diz que "a vontade está lá mas o tanque não está cheio para dar ideia ao futebol".

Aqui chegados, ao FC Porto não resta outro cenário que não seja a venda de ativos como "solução deste problema". E aí, Cândido Costa entende que é "fruto da catapultação que o Sérgio Conceição fez de todo o plantel".

Com duas derrotas em três jogos nesta época, o FC Porto tem vários encontros decisivos nas próximas semanas. "Este duplo desafio para o campeonato pode ser o rastilho para coisas muito más como a tal rampa", revela o ex-jogador dos azuis e brancos.

Para Cândido Costa, "um triunfo sobre o Vitória de Setúbal e um FC Porto ferido a ter um bom resultado na Luz pode abanar positivamente o momento da equipa".

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa