Portugal
Conselho de Disciplina instaura processo disciplinar ao Vitória de Setúbal
2019-05-07 23:35:00
Em causa os acontecimentos durante a derrota frente ao Boavista

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou hoje um processo disciplinar ao Vitória de Setúbal, na sequência dos acontecimentos durante a derrota com o Boavista (3-0), na segunda-feira.

O mapa de castigos da 32.ª jornada da I Liga, hoje divulgado, inclui o processo instaurado ao clube, na sequência dos desacatos do jogo do Bonfim, com invasão de campo e a intervenção da polícia de choque.

Nesse jogo, em que os ‘axadrezados’ confirmaram a manutenção, o Vitória teve três expulsões, sendo que Zequinha, que viu o vermelho por palavras dirigidas ao árbitro Fábio Veríssimo, está suspenso para os últimos dois jogos do campeonato, enquanto Semedo e Jhonder Cádiz falham um jogo, assim como Hildeberto (quinto amarelo).

Quanto ao FC Porto-Aves, que os ‘dragões’ e segundos classificados, a dois pontos do líder Benfica, venceram por 4-0, o fisioterapeuta avense Vítor Pimenta foi suspenso por seis dias, enquanto o mexicano Herrera, ‘capitão’ dos portistas, falha a 33.ª jornada por ter visto o quinto amarelo.

O técnico do Desportivo de Chaves, José Mota, foi suspenso por oito dias por palavras dirigidas à equipa de arbitragem no empate a quatro golos em casa do último classificado Feirense, enquanto, na II Liga, o azeri Renat Dadashov foi punido com três jogos de suspensão após expulsão na derrota do Estoril com o Académico Viseu (3-1).

Sê o primeiro a comentar: