Portugal
Coimbrões ataca arbitragem: Jogo? "Houve uma vitória que estava encomendada"
2018-10-22 08:55:00
O SC Coimbrões foi ontem eliminado da Taça de Portugal, nos Açores, frente ao Vale Formoso.

O SC Coimbrões foi ontem eliminado na terceira eliminatória da Taça de Portugal pelo FC Vale Formoso, clube dos Açores, por 4-3 após prolongamento e no final do encontro, António Magalhães, presidente do Coimbrões, atirou-se à arbitragem, falou em viciação de resultados e de um jogo cujo desfecho final estava encomendado: "O que assisti aqui foi um roubo. Foi um roubo protagonizado por três pessoas que, no mínimo, deviam ser investigadas. Não tenho a mais pequena dúvida que por trás disto estão as apostas. Só vos digo para verem quais eram as odds que estavam em relação à vitória do Vale Formoso, que não ganhou o jogo, alguém lhes deu a vitória”, atirou em declarações ao programa TeleDesporto da RTP Açores. 

“O problema do futebol português é que andamos a falar muito e a agir pouco. Quando passarmos a agir, a investigar as pessoas, a ver o que é que eles fazem, o dinheiro que lhes cai nas contas e na dos familiares, quando fizermos isso, vamos ter duas hipóteses: ou são inocentes, ou são culpados. Se forem inocentes, vai servir de exemplo para aqueles que são culpados. Se forem culpados, vão dentro, vão ser penalizados criminalmente, e o futebol português limpa-se de uma forma muito fácil”, acrescentou. “Enquanto andarmos todos aqui a falar, a brincar ao desporto não vamos a lado nenhum”. 

Para o presidente do Coimbrões, a vitória do Vale Formoso estava definida ainda antes do encontro comelar: "Jogo desequilibrado pela equipa de arbitragem? Não houve jogo sequer. Jogo? Mas qual jogo? O árbitro expulsa dois jogadores com vermelho direto nos primeiros 45 minutos, que mesmo a jogar com nove, nos últimos segundos do jogo, não marca um penálti a nosso favor, que nos dava o 3-2... Quando eu vi os jogadores expulsos percebi que não havia jogo. Havia uma vitória que estava perfeitamente encomendada por parte de trio de senhores. Não houve jogo nenhum”.