Portugal
"Coentrão desrespeitou o Benfica", diz Samaris
2019-06-16 14:35:00
Médio encarnado falou do episódio com o lateral português

Em entrevista ao jornal Record, Andreas Samaris passou em revista a temporada do Benfica e recordou o desentendimento com Fábio Coentrão no último duelo frente ao Rio Ave, onde o lateral lhe puxou os calções. 

"O comportamento dele não foi uma surpresa para mim. Houve um passado, provocou-me várias vezes, ao intervalo disse umas coisas que não posso dizer publicamente. Desrespeitou, com palavras, o clube e é uma coisa que eu não aceito – e conhecendo os meus colegas, ninguém aceita isso. Todos os jogadores que têm um passado no Benfica têm de respeitar, como em qualquer clube. Até podes ter um passado mau, que nem é o caso, mas eu costumo dizer ‘quando comes o pãozinho num clube, tens sempre de respeitar o pãozinho' (...) Como não tenho respeito por aquilo que ele fez, achei que não devia dar-lhe a mão. Não estou a dizer que a minha atitude tenha sido correta, mas é a minha verdade, e foi o que senti na altura", afirmou o grego. 

Samaris assumiu ainda que Bruno Lage trouxe "uma atmosfera completamente diferente" e revelou que apenas falou uma vez com Rui Vitória sobre a falta de oportunidades na primeira metade da época, garantindo que nunca se sentiu desrespeitado. 

Relativamente à chegada de João Félix ao plantel principal, o internacional grego não esconde que se notou "qualquer coisa" logo nos primeiros minutos. "Olhámo-nos entre nós e dissemos: 'Há aqui qualquer coisa'. O toque dele, a presença dele dentro do campo era especial. Chegou ao treino e parecia que estava connosco há anos. A palavra medo não está no vocabulário dele. Entra e joga", afirmou o médio. 

 Questionado se tinha sido sondado por FC Porto ou Sporting, Samaris respondeu que não e garantiu que isso não seria possível. "Podia fazer-me a pergunta se não tivesse renovado. Tenho o meu passado no Benfica, vivi momentos que não quero apagar da minha memória, nem quero vivê-lo noutro clube em Portugal", concluiu. 

Sê o primeiro a comentar: