Portugal
Clubes de futebol “vão reinventar relação com adeptos”, realça psicóloga
Redação
2020-05-15 09:15:00
Futebol voltará em breve aos relvados nacionais mas sem público

O regresso do futebol, após a suspensão devido à pandemia de covid-19, vai levar os clubes a "reinventar também a relação com os seus adeptos", explica à Lusa a especialista em psicologia do desporto Ana Bispo Ramires.

Segundo a psicóloga, o período que a sociedade atravessa devido à pandemia tornou evidente "uma capacidade de adaptação gigante", das pessoas e dos vários setores, o que se estende também ao futebol.

Ainda assim, e se, "no pior dos cenários", como não existir uma vacina ou qualquer tratamento "que traga confiança" para ‘enfrentar’ a covid-19, espetáculos como jogos de futebol continuarem à porta fechada, os clubes "vão reinventar também a relação com os seus adeptos".

"Alguma forma será feita para os trazer para junto [dos clubes], dentro das ferramentas virtuais que temos", considera.

Para a especialista, o facto de o ser humano ser um "animal de hábitos, para o bem e para o mal", permitirá aos adeptos cumprir o ‘slogan' criado por Fernando Pessoa para a Coca-Cola: "primeiro estranha-se, depois entranha-se".

"Se isto se mantiver assim, primeiro estranha-se, mas daqui a três ou quatro meses as pessoas normalizaram, e já não se queixam tanto", atira.

Segundo Bispo Ramires, os laços sociais "estão quebrados em todos os campos", pelo que a ligação dos adeptos aos clubes, e entre si, não é exceção, uma vez que também as próprias relações sociais "precisam de se reinventar".

"Tenho abordado a minha preocupação de como de repente o espaço virtual se assume como uma tábua de salvação para os afetos e as pessoas. A minha pergunta é: o que é que vem a seguir?", questiona.

Para a psicóloga, um "'detox' tecnológico" será necessário após este período em que o espaço virtual substituiu uma necessidade humana básica: "as pessoas precisam de voltar a tocar, a estar, a olhar umas para as outras".

"A minha preocupação é mais: como é que vamos voltar a levar as pessoas a tocarem-se? A beberem um copo... isso precisa de ser pensado", reflete.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas - Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede na Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga, à porta fechada, previsto para 04 de junho.

Tags: