Portugal
"Castigo a Bernardo Silva é um absurdo", diz Fernando Santos
2019-10-03 12:45:00
Técnico comentou acusação ao jogador por causa de brincadeira com amigo nas redes sociais

O selecionador nacional, Fernando Santos, considerou hoje que é "um absurdo" o castigo que Bernardo Silva poderá apanhar por causa do alegado caso de conduta imprópria imputada ao futebolista do City na sequência da brincadeira nas redes sociais com Mendy.

"Tinha que fazer uma análise muito profunda socialmente, mas não vou dizer o que penso. Quero só dizer que é um absurdo completo", afirmou Fernando Santos, na conferência de imprensa de divulgação dos convocados de Portugal para o duplo compromisso na ronda de apuramento para o Euro'2020, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Fernando Santos salientou ainda que Bernardo Silva "é dos jovens com melhor caráter humano e pessoal". "Só pode ser um absurdo, não faz sentido, ele não merece isto", reforçou.

O internacional português foi acusado pela federação inglesa de futebol (FA) de “conduta imprópria e ofensiva” para com o seu colega de equipa francês Benjamin Mendy, por causa de uma publicação nas redes sociais.

Em causa está um ‘tweet’ partilhado por Bernardo Silva com a imagem em criança de Mendy, colega de equipa e amigo desde os tempos em que ambos jogavam no Mónaco, acompanhado da ilustração do boneco característico da marca de chocolates Conguitos, com a pergunta “adivinhem quem é?”.

A FA alega que o ‘tweet’ de Bernardo Silva, entretanto desvalorizado por Mendy, constitui uma violação agravada dos seus códigos de conduta por “incluir referência, expressa ou implícita, à raça e/ou cor e/ou origem étnica”.

Bernardo Silva apagou a publicação e lamentou que, atualmente, não seja possível “brincar com um amigo”.