Portugal
Candidatos a uma tradição que este ano não é o que era
2019-02-28 16:20:00
Vitória de Guimarães recebe Marítimo no fecho da 24.ª jornada

Separadas por 12 pontos, as equipas de Vitória de Guimarães e Marítimo defrontam-se na segunda-feira, no fecho da 24.ª jornada, num jogo que tradicionalmente costuma valer a luta por uma vaga europeia mas, esta temporada, os insulares andam arredados dessa 'batalha'.

Se na Madeira é uma 'miragem' (ainda que a matemática assim possibilite ainda), na cidade berço a ambição é mais real com a Liga Europa (apesar dos 10 pontos de atraso para o primeiro lugar de apuramento), até porque o desenrolar do campeonato e da Taça de Portugal (com o FC Porto perto da final e com Benfica ou Sporting como outro finalista) permitirá abrir vaga extra rumo à Europa.

Mas a tradição já não é o que era, pelo menos não é esta época, nos embates entre Marítimo e Vitória, historicamente candidatos aos lugares mais cimeiros da classificação.

Num duelo com tradições histórias que já ocorreu por 79 vezes, o equilíbrio é a nota dominante ainda que com um ligeiro ascendente da formação vimaranense, que venceu 32 encontros frente ao Marítimo, tendo ocorrido 20 empates e 27 ocasiões onde levaram a melhor os leões de Almirante Reis.

Mas o Marítimo costuma ser um adversário complicado para os vimaranenses em terras do fundador, até porque têm sido mais as vezes que pontuam do que aquelas que saem de 'mãos a abanar'.

Em 38 encontros na casa do Vitória, o Marítimo pontuou por 22 ocasiões (13 empates e nove vitórias), tendo perdido por 16 vezes.

Moralizada pelos resultados recentes na Liga portuguesa (vitória sobre o Belenenses e empate com o Sporting), e equipa de Petit viaja da 'Pérola do Atlântico' em busca de três pontos para funcionar como 'resposta' também ao triunfo dos homens de Luís Castro que, na primeira volta, se superiorizaram no 'Caldeirão', por 3-1.

Sê o primeiro a comentar: