Portugal
"Cada vez gostam menos de mim porque sou um homem livre", diz António Simões
2019-03-13 10:55:00
António Simões promete continuar atento ao futebol

A recuperar de um assalto sofrido em Cabo Verde, no final do ano de 2018, António Simões promete continuar atento ao futebol e ao Benfica.

"Sou um homem feliz e tenho uma carreira toda para trás. Cada vez gostam menos de mim porque sou um homem livre, que é o que falta a este país", disse, citado pelo Record, em declarações prestadas no Colóquio inaugural da Cátedra Manuel Sérgio, intitulada ‘Desporto, Ética e Transcendência’, na Universidade Católica de Lisboa.

Sobre os problemas de saúde que tem enfrentando nos últimos meses, por via de um assalto sofrido, em África, o Magriço explica que a recuperação está quase finalizada. 

"Estou muito melhor! Dentro de três semanas estarei perfeito. Não vou ficar com mazelas e isso é fantástico. Enquanto tiver lucidez vão ter de levar comigo."

No final do ano de 2018, Simões protagonizou momentos tensos com o Benfica ao assumir que foi afastado do canal das águias por causa de ter criticado Pedro Guerra. O Benfica desmentiu essa versão e garantiu que Simões não tinha sido colocado de parte.

Sê o primeiro a comentar: