Portugal
Benfica estranha que “nem todos os clubes” tenham lutado pelo regresso da I Liga
2020-06-02 16:05:00
Encarnados apontam também razões financeiras e revelam que pandemia adiou meta de “baixar dívida para valores residuais”

Na sua comunicação diária com os adeptos, o Benfica abordou a retoma das competições e o esforço do clube em permitir que o campeonato fosse disputado até ao fim – nesta quarta-feira, começa a jogar-se a 25.ª jornada.

O clube da Luz revela que estranhou o facto de alguns clubes – que não especifica – não terem manifestado o desejo de ver a I Liga de regresso, por questões desportivas, mas também financeiras.

“Só uma situação económica e financeira muito positiva e uma tesouraria desafogada permitiriam atravessar este período sem grandes sobressaltos. Tem sido o caso do Benfica, embora, como é natural, se saiba que não será possível mantê-la indefinidamente. Esta é a razão para que o Benfica, ao longo destes meses, tudo tenha feito em prol da retoma das competições, estranhando-se que nem todos os clubes pareçam ter estado sempre interessados neste desígnio”, pode ler-se na News Benfica desta terça-feira.

O clube encarnado destaca que a pandemia “atrasou” o objetivo de “baixar a dívida para valores residuais”, esclarecendo que, “em março a dívida financeira rondava os 70 milhões de euros”.

“Conseguido o regresso das competições, é com enorme entusiasmo, comprometimento e ambição que a nossa equipa abordará as onze ‘finais’”, realça o Benfica, que aponta ao título e à Taça de Portugal, com o FC Porto como adversário.

A I Liga regressa amanhã, com o Portimonense-Gil Vicente, 19h00, no mesmo dia em que o FC Porto reentrará em cena, ao visitar o Famalicão, com o primeiro apito marcado para as 21h15.

A equipa de Sérgio Conceição tentará colocar pressão no Benfica, que apenas entra em campo no dia seguinte, recebendo no Estádio da Luz o Tondela (14.º).

Tags: