Portugal
Benfica ‘autoritário’ regressa aos triunfos com goleada em Braga
2019-09-01 23:20:00
'Encarnados' venceram por 4-0

O Benfica impôs hoje uma goleada 4-0 no terreno do Sporting de Braga, num encontro da quarta jornada da I Liga de futebol em que foi quase sempre melhor, com segurança a defender e perigo a atacar.

Após 20 minutos sem ocasiões claras de golo, a equipa treinada por Bruno Lage chegou à vantagem num penálti marcadi por Pizzi, aos 25, e resolveu o desafio na segunda parte, com o segundo golo do médio, aos 47, e autogolos de Bruno Viana, aos 51, e de Esgaio, aos 73, depois de algumas ocasiões desperdiçadas no final da primeira parte.

A equipa lisboeta subiu assim à vice-liderança da competição, com nove pontos, os mesmos do FC Porto, com quem perdeu na ronda anterior (2-0), e menos um do que o líder Famalicão, enquanto a turma minhota, intensa no começo, mas incapaz de anular a velocidade benfiquista no resto do jogo, ocupa o 13.º lugar, com quatro pontos.

Com André Almeida e Taarabt a assumirem pela primeira vez a titularidade nesta época, as 'águias' quiseram, desde cedo, responder ao desaire caseiro da jornada anterior com o FC Porto (2-0), aproximando-se da baliza de Matheus num lance em que Seferovic falhou o cabeceamento, após centro de Rafa (dois minutos) e num remate de Taarabt, intercetado (três).

Já a equipa minhota, com Lucas, Galeno e Hassan a serem novidades face ao 'onze' que garantiu a presença na fase de grupos da Liga Europa, após o triunfo sobre o Spartak de Moscovo, na Rússia (2-1), também procurou o ataque nos primeiros 20 minutos, com trocas de bola rápidas, mas sem reais ocasiões de golo.

Apesar da intensidade empregue pelas duas formações, a tendência do encontro continuou indefinida até ao momento em que Hassan chegou atrasado a uma disputa de bola e pontapeou a cara de Florentino no interior da área bracarense (23 minutos), com Pizzi, na marca dos 11 metros, a atirar a bola para o lado contrário de Matheus (25).

Na frente do marcador, o Benfica soltou-se e aproveitou as dificuldades do Braga para recuar no terreno aquando da perda da bola para criar três oportunidades claras, com Seferovic, em boa posição, a não conseguir acertar na baliza, aos minutos 33, 43 e 44.

Pelo meio, aos 37 minutos, o Sporting de Braga desperdiçou a sua melhor oportunidade do encontro, quando Ricardo Horta acertou no poste, assistido por Esgaio.

O treinador Ricardo Sá Pinto ainda tentou elevar o rendimento 'arsenalista' com as entradas de Murilo e Rui Fonte após o intervalo, mas o Benfica decidiu a partida nos primeiros seis minutos da etapa complementar.

Pizzi 'bisou' ao minuto 47, num remate de primeira no interior da área, após cruzamento de André Almeida, na direita, e Bruno Viana marcou na própria baliza, aos 51, quando tentava intercetar uma bola colocada por Seferovic na pequena área.

O Braga ainda esboçou uma ténue reação, materializada num remate perigoso de Murilo, mas sem grande convicção, antes de ver o resultado assumir contornos de goleada, quando Esgaio fez autogolo na sequência de um cruzamento de Jota, aos 73 minutos.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa