Portugal
BdC diz que amigos de Jesus são veículos de transmissão de críticas
2018-05-12 20:50:00
"Não sou pessoa de guardar segredos, mas estou a aguentar-me", referiu Bruno de Carvalho.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting respondeu às declarações de Jorge Jesus, que considerou que Bruno de Carvalho não concordava com a opinião do pai dele, que criticou a equipa depois do dérbi com o Benfica. "[Jorge Jesus] Tem o direito de ter opinião. Não estou muito de acordo com o que o meu pai escreveu, mas tenho orgulho por ser meu pai, deu a cara e disse o que achava. Ao contrário, por exemplo, de Octávio Machado, Rui Santos e João Bonzinho, que são veículos de transmissão comunicacional de pessoas amigas. Tenho a certeza que Jesus também não gosta, apesar de serem amigos, quase irmãos, das alarvidades ditas por Octávio Machado, Rui Santos e João Bonzinho. Tenho a certeza que não se revê nas alarvidades e mentiras", referiu Bruno de Carvalho em declarações à Sporting TV.

Bruno de Carvalho respondeu ainda ao comunicado do Benfica, no qual os encarnados desmentiram um encontro entre o presidente do Sporting e o das águias, Luís Filipe Vieira, primeiramente anunciado pelo líder dos leões. 

"Gosto de ser uma pessoa frontal e não tenho a trabalhar para mim o gabinete das queixinhas. É uma realidade o que se passou. Se as pessoas quiserem entrar no comunicado, que fala em constantes problemas com jogadores, sócios e dirigentes, para além de ser verdade o que me foi proposto na garagem da Liga, só tenho pena que a Liga tenha desgravado as imagens. Há uma câmara no local."

"Dias antes, um sportinguista distinto serviu de intermediário para pedir uma cimeira secreta entre mim e Luís Filipe Vieira. Portanto, quando me apetecer contar um pouco mais talvez as pessoas se apercebam dos problemas com sócios, dirigentes, não dirigentes. (...) Este pedido de cimeira secreta não sei o que poderia trazer de bom ou qual a intenção quando fui dos primeiros, ou o primeiro, a revelar os 'vouchers' e a lutar para que se faça justiça nos 'vouchers', e-mails ou E-Toupeira. Qualquer dia, se calhar, explicarei o que se passou melhor e porque tenho tantos problemas. Não sou pessoa de guardar segredos, mas estou a aguentar-me. Numa outra reunião em Fátima, [Luís Filipe Vieira] disse que o português ia passar pelo Benfica e Sporting. Só alguém desprovido de alguma inteligência é que não percebia o que se estava a armar. Em tempo algum [eu] quis alianças, muito menos cimeiras. Por isso, deviam ter cuidado com quem faz os contactos para as cimeiras", reiterou Bruno de Carvalho.