Portugal
Augusto Inácio diz que vai “ter de inventar” na visita ao Marítimo
2019-02-07 16:30:00
O treinador do Desportivo das Aves lamentou o reduzido número de opções para o jogo da 21.ª jornada da I Liga

Em conferência de imprensa, o treinador do Aves deu conta de "um jogo difícil", no sábado, frente a uma equipa do Marítimo com mais dois pontos e a jogar em casa, que "quer muito aproveitar a oportunidade para se distanciar" dos lugares do fundo da classificação, mas prometeu uma equipa ambiciosa, independente da forma como irá entrar em campo.

"Um empate pode ser um bom resultado para quem joga fora, mas pode não ser suficiente para quem está na nossa situação. Vai ser uma guerra, uma luta, para ver quem leva a melhor. Provavelmente, neste jogo, vamos ter de inventar, mas a realidade é o que é", disse Augusto Inácio em conferência de imprensa.

Inácio garantiu que não está a procurar desculpas para o que possa acontecer na Madeira, insistindo na ideia de que "a equipa está bem e mentalmente forte", mas deu a entender que a reestruturação do plantel pesa na forma como o Aves se apresenta em campo.

"Neste momento, é muito fácil fazer a convocatória no Aves. Devido a algumas coisas que se passam, até para nos protegermos, temos de jogar num sistema que não é do meu agrado. Olhando para as duas equipas e para aquilo que somos neste momento, direi que temos dois planos, mas preciso de saber primeiro com quem posso contar", referiu, confirmando a convocação de Bura, médio dos sub-23.

O técnico avense queixou-se de saídas que não foram colmatadas com jogadores fisicamente aptos para jogar de imediato, mas a quem foram reconhecidas qualidades para jogar no clube, manifestando orgulho no grupo e no trabalho que tem feito para assimilar as suas ideias, como disse logo após a derrota diante do Sporting de Braga, por 2-0, na última jornada.

"O trabalho mental começou logo após o jogo com o Braga e o que lhes disse foi que tive tanto orgulho neles nas vitórias que tivemos [com o Vitória de Setúbal e o Tondela] como na atitude, no trabalho e no espírito de sacrifício que tiveram com o Braga. E disse-lhes que, a continuarem assim, vamos alcançar bons resultados", sublinhou.

Sobre a equipa do Marítimo, Inácio reconheceu qualidade, apesar de dizer que "está a fazer um campeonato aquém do que todos esperariam": "De início dava a impressão de que ia lutar pelos sete ou oito primeiros lugares, mas esse é um problema deles. Tem bons jogadores e um bom treinador, boas infraestruturas e um presidente que dá grande dinâmica. Só espero que não apareçam contra nós", concluiu.

O Desportivo das Aves, 16.º classificado da I Liga, o primeiro em zona de despromoção, com 18 pontos, visita o Marítimo, 13.º classificado, com 20, no sábado, a partir das 15:30, em jogo da 21.ª jornada da prova.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa