Portugal
“Até hoje não consegui entender”, desabafa Hulk sobre caso 'túnel da Luz'
Mauro
2020-04-22 14:55:00
O brasileiro não compreende o porquê de ter sido suspenso pelo Conselho de Disciplina

O antigo jogador do FC Porto, Hulk, participou no programa ‘FC Porto em Casa’ e recordou o jogo contra o Benfica na temporada 2009/2010, que acabou com a vitória dos encarnados por 1-0.

O extremo brasileiro não compreende o porquê de ele e Sapunaru terem sido suspensos pelo Conselho de Disciplina, na sequência dos incidentes no túnel no Estádio da Luz.

“Infelizmente, até hoje, não consegui entender o que fizeram comigo e com o Sapunaru. Três meses, quase uma temporada inteira… Foi duro ficar 18 jogos de fora”, afirmou Hulk.

Contratado ao Tokyo Verdy em 2008, o brasileiro de 33 anos elogia o papel de Jesualdo Ferreira durante esse período.

Para Hulk, o experiente técnico português tirava sempre algum do seu tempo para o ajudar, mesmo tendo em conta que o ‘Incrível’ não podia ser opção para os jogos.

“Eu treinava a semana inteira e estava triste por não poder jogar, ele chamava-me e ficava-me treinando sozinho. Comecei a preparar-me para voltar bem melhor. Mesmo sabendo que não podia contar comigo, ele tirava do seu tempo para me ajudar”, referiu.

Após quatro temporadas no FC Porto, Hulk transferiu-se para o Zenit por 40 milhões de euros. Ao serviço do clube portista, o brasileiro fez 170 jogos, tendo feito 76 golos.

Durante esse período, o extremo conquistou quatro campeonatos, quatro Supertaças e três Taças de Portugal.

Tags: