Portugal
"As pessoas pagam bilhete e depois vêm ver 10 minutos de jogo", diz Folha
2019-02-09 21:00:00
Treinador do Portimonense criticou a arbitragem

Folha, o treinador do Portimonense, mostrou-se indignado com a arbitragem após a derrota deste sábado, frente ao Rio Ave, por 1-0.

"Custa falar. Não podemos sempre ser bons rapazes. Não digo que é de propósito, mas em alguns jogos custa a entender os critérios. As pessoas pagam um bilhete, que não é nada barato, e depois vêm ver dez minutos de jogo", começou por dizer o técnico dos algarvios, antes de contestar um amarelo a Paulinho.

"A falta não existe e o Paulinho leva amarelo. Porque falou? Mas não pode falar porquê? São os jogadores que pagam aos árbitros e a todos os que trabalham no futebol. E os jogadores não podem falar, são criminosos? Os árbitros devem ter bom senso e têm de perceber que o jogador é a coisa mais importante que há no futebol, é ele que move isto tudo. Todos os que estamos no futebol somos pagos por estes senhores que estão a correr durante 90 minutos e há que ter mais respeito por eles", atirou.

"Desde que o Portimonense ficou a dois pontos daquela linha porreira, toda a gente começou a falar na Europa, mas eu avisei que o Portimonense não era um clube de Europa. Quem tem de ir à Europa que vá, deixem-nos fazer o nosso trabalho em paz", atirou o técnico. 

Sê o primeiro a comentar: