Portugal
"As melhores oportunidades pertenceram ao Boavista", diz Neca
2019-02-17 21:20:00
Treinador adjunto analisou o empate em Chaves

Neca, treinador adjunto do Boavista, considera que o empate diante do Desportivo de Chaves foi "um bom jogo entre duas boas equipas" e que axadrezados foram quem teve as melhores oportunidades. 

"Entrámos bem logo de início, tivemos situações em que faltou instinto e felicidade que acompanha as equipas que ganham. Não concretizámos e o adversário conseguiu marcar. A desvantagem era desconfortável para o que foi a primeira parte. Retificámos e o treinador entendeu que as substituições deviam ser feitas ao intervalo. Os jogadores que estão no banco acrescentam sempre à equipa e isso permitiu ter mais bola e estar mais perto da baliza do Chaves. Sentíamos que podíamos chegar ao golo a qualquer altura e numa jogada bem delineada - e houve várias em termos atacantes - esse golo foi uma concretização bonita, bem construída e foi quem entrou que fez o 1-1. (...) As melhores e mais bem delineadas oportunidades pertenceram ao Boavista, mas por uma ou outra razão não concretizámos", analisou. 

Neca deixou ainda uma palavra à família de Frederico Rosa, antigo jogador do Boavista que faleceu este domingo. 

"Neste momento de grande sensibilidade, pelo desaparecimento de um antigo jogador de futebol do Boavista, o Frederico, e da seleção de Portugal, enviamos à família enlutada um abraço de grande amizade e força. Uma palavra também à nossa massa adepta, que tem sido um suporte grande, neste curto, mas forte trajeto, que tem ajudado nas boas exibições e é uma parte importante de um todo que é criar um Boavista mais sustentado e que esteja longe dos últimos lugares", referiu. 

Sê o primeiro a comentar: