Portugal
"As contas que nós fazemos é tentar ganhar todos os jogos", diz Tiago Fernandes
2019-03-08 23:10:00
Flavienses não vencem há cinco encontros

Tiago Fernandes, treinador do Desportivo de Chaves, lamentou o empate desta sexta-feira diante do Rio Ave, uma equipa "que se fechou bem lá atrás", mas mostrou-se satisfeito pela exibição dos seus jogadores. 

"O Rio Ave fechou-se bem lá atrás, para além de ter adormecido muito o jogo com constantes paragens. Só houve uma equipa a querer jogar e ganhar. Os meus jogadores foram autênticos guerreiros na segunda-parte", analisou o treinador na zona de entrevistas rápidas. 

À 25.ª jornada, o Chaves ocupa a penúltima posição da I Liga, a três pontos (e mais um jogo) que a primeira equipa fora da zona de descida, o Marítimo. Por isso, Tiago Fernandes acredita que as contas são feitas com a vitória nas restantes partidas para o campeonato.

"As contas que nós fazemos é tentar ganhar todos os jogos que nos restam. Tivemos dois jogos em casa em que não conseguimos fazer três pontos, mas também conseguimos fazer fora de casa", rematou.

Já em conferência de imprensa, o técnico dos flavienses analisou mais detalhadamente o encontro.

"Só uma equipa quis jogar para ganhar desde o princípio até ao fim. A minha equipa na primeira parte, após a expulsão, não teve a calma e organização suficiente para aproveitar a unidade a menos. Retificámos ao intervalo, ajustámos a estratégia e a segunda parte foi à Chaves, com agressividade, com competitividade e a querer ganhar. Chegámos ao golo de bola parada e foi pena não chegarmos à vitória, pela segunda parte que fizemos. Pelo que procurámos, merecíamos a vitória. O árbitro não deu o tempo de compensação que devia para a perda de tempo que os jogadores do Rio Ave promoveram, pela demora nas substituições e assistências médicas ao guarda-redes. Estas situações têm de ser revistas pois as pessoas vão ao estádio para ver um espetáculo", referiu. 

Sê o primeiro a comentar: