Portugal
APAF não garante viagem dos árbitros no mesmo avião das equipas para a Madeira
2020-05-19 12:25:00
Equipas de arbitragem podem ter de viajar com adversários do Marítimo por questões logísticas

A possibilidade de árbitros viajarem para a Madeira no mesmo voo das equipas adversárias do Marítimo, no que resta do campeonato, promete ainda fazer 'correr muita tinta'.

Luciano Gonçalves, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), não dá como garantida esta situação até porque poderá revelar-se desconfortável e prefere esperar por uma comunicação oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e da Liga para tomar uma posição mais concreta.

Para já, Luciano Gonçalves diz que o melhor é mesmo esperar para ver "se faz sentido ou não" esta ideia.

Nesta altura, à imagem da grande maioria dos clubes da I Liga, também os árbitros se vão preparando para o regresso da Liga NOS com "ansiedade e a vontade", destaca o dirigente da associação de classe da arbitragem, em declarações à Renascença.

Luciano Gonçalves destaca ainda que os árbitros têm tido um "acompanhamento ao pormenor" pela Unidade de Saúde e Performance da FPF e os testes médicos realizados deixam "os árbitros confortáveis com este planeamento".

Os insulares vão receber no 'caldeirão' as equipas de Vitória de Setúbal, Gil Vicente, Benfica, Rio Ave e Famalicão.

O Marítimo ocupa a 15.ª posição, com 24 pontos somados em 24 jornadas, e perdeu no reduto do Moreirense, por 2-0, na última partida para a Liga, realizada a 8 de março.