Portugal
"Ao intervalo, disse aos jogadores que tínhamos de mudar o 'chip'", revela Petit
2019-03-09 18:30:00
Marítimo venceu o Moreirense com fantástica reviravolta

Petit, treinador do Marítimo, admite que a equipa não entrou bem no jogo deste sábado frente ao Rio Ave, mas que as alterações permitiram um crescimento e aproximação à baliza adversária. Em conferência de imprensa, o técnico dos insulares sublinhou a importância da vitória e refere que a equipa podia ter feito mais golos. 

"Penso que não entrámos bem no jogo, nos primeiros 15, 20 minutos. Com a saída do [Douglas] Grolli, a passagem do René [Santos] para trás e mais um ponta de lança (Getterson), a equipa começou a reagir. Começámos a aparecer mais vezes na área, a ter mais oportunidades. Conseguimos fazer o 2-1 e, a partir daí, penso que fomos muito mais fortes em 60, 70 minutos do jogo. Disse aos jogadores, ao intervalo, que tínhamos de mudar o ‘chip' para a segunda parte. Fizemos dois golos e criámos mais oportunidades, em que podíamos ter aumentado a vantagem", começou por analisar. 

"Foi uma vitória muito importante e há que dar os parabéns aos jogadores. Também foi muito importante os adeptos puxarem por nós, mesmo a perdermos por 2-0, sabendo que não estamos numa situação fácil, fruto da tabela classificativa. No futebol, os golos contam. Depois de estar a perder por 2-0, conseguir fazer três golos, sabendo que a nossa equipa não tinha muitos golos no campeonato, penso é mérito dos jogadores", acrescentou. 

Sê o primeiro a comentar: