Portugal
António Filipe deixa Chaves após quatro épocas consecutivas
2019-05-24 20:05:00
Guarda-redes diz sair de consciência limpa

O guarda-redes António Filipe revelou hoje a saída do Desportivo de Chaves, depois de quatro temporadas consecutivas ao serviço do clube recém-despromovido à II Liga.

Numa nota publicada na sua página pessoal na rede social Facebook dirigida aos “verdadeiros 'valentes transmontanos'”, o jogador de 34 anos, um dos capitães de equipa e que estava em final de contrato, realçou o "orgulho" que teve em representar o conjunto de Trás-os-Montes, mas também a "mágoa" pela descida de divisão.

"Foi um ciclo da minha vida profissional que terminou e saio com a consciência que fiz tudo para elevar o nome do clube e dignificar o símbolo que honrosamente representei", vincou o guarda-redes contratado em 2015 ao Paços de Ferreira e que era o único, do atual plantel, que em 2015/2016 ajudou o clube a regressar ao principal escalão.

O Desportivo de Chaves, que confirmou na terça-feira a continuidade de José Mota como treinador para a próxima temporada, divulgou hoje a contratação de Nélson Lenho para diretor desportivo, substituindo Paulo Grencho, e já anunciou as rescisões por mútuo acordo com o lateral esquerdo Luís Martins, o médio e ‘capitão’ Bressan e o médio Ghazaryan.

O Desportivo de Chaves viu confirmada a despromoção da I Liga, após três épocas consecutivas no principal escalão, com a derrota sofrida no domingo frente ao Tondela, por 5-2, na 34.ª e última jornada da prova.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa
Tags: