Portugal
Anderson. Do 'bis' na vitória do Famalicão às lágrimas da mãe no Brasil
2019-09-30 18:25:00
Nilza Antónia falou ao jornal 'O Jogo' sobre os dois filhos que atuam em Portugal

É mais uma 'estrela' do sensacional líder Famalicão, mas tem a particularidade de ter conquistado esse estatuto a partir do banco de suplentes. Embora tenha apenas 115 minutos de utilização na Liga NOS, Anderson leva já quatro golos, o que é o mesmo que dizer que o brasileiro precisa apenas de 29 minutos em campo para atirar a contar. 

Este sábado, na vitória do Famalicão sobre o Belenenses, Anderson entrou aos 61 minutos para o lugar de Toni Martinez e aos 87 já tinha bisado, completando a reviravolta e selando o triunfo que segurou a liderança da formação de João Pedro Soares. Foi eleito homem do jogo e no final não conteve as lágrimas: "Tinha dito à minha mãe que ia entrar e marcar o golo da vitória", contou. 

A emoção foi transversal ao outro lado do Atlântico, onde Nilza Antónia, a mão do avançado, se "fartou de chorar" ao ouvir o relato do encontro. "Fartei-me de chorar. Tenho vários amigos em Famalicão e estou a receber uma enxurrada de mensagens", contou ao jornal 'O Jogo'. 

As lágrimas de Nilza são dedicadas ao sucesso dos filhos, ambos jogadores de futebol e ambos a atuar em Portugal. Uma semana antes do 'bis' de Anderson, André Clóvis, avançado do Leixões, tinha assinado o golo do triunfo sobre o Benfica B, algo inesquecível para Nilza. 

"Os meus filhos só têm tamanho. São carismáticos mas carinhosos. (...) Os meus filhos ligam-me antes e depois dos jogos. O Anderson não conseguia dizer nada, só chorava. Quando ele me liga, eu critico e elogio, mas ontem [anteontem] só pude elogiar", confessou. 

Nilza Antónia contou ainda ao jornal 'O Jogo' que vem passar uns meses a Portugal brevemente, onde vai aproveitar para estar com os filhos e, quem sabe, assistir 'in loco' aos golos da dupla natural de São Paulo.