Portugal
"Ainda faltam quatro jogos. É nesse sentido que temos de pensar e estar focados"
2019-04-19 19:25:00
Boavista saiu derrotado do terreno do Tondela

Lito Vidigal, técnico do Boavista, lamentou a forma como a equipa se viu em desvantagem frente ao Tondela, em jogo da 30.ª jornada da Liga. Em conferência de imprensa, o treinador axadrezado admitiu que faltou à equipa agressividade nos duelos e apontou já aos últimos quatro encontros da prova. 

"É claro que sofrer um golo desta forma [autogolo de Sparagna, aos 17 minutos] como sofremos é penalizador, mas a equipa trabalhou, criámos muitas situações de golo e podíamos ter feito dois ou três golos. Não digo que o Tondela também não tivesse depois, já no final, criado uma ou outra situação, mas faltou-nos, acima de tudo, eficácia, porque a equipa trabalhou, mesmo não tendo entrado forte no jogo, como pretendíamos. Não me parece que fazer faltas, ou não, tenha a ver com agressividade, porque nós podíamos ter sido mais agressivos e não ter cometido faltas, aliás, as minhas equipas até são pouco faltosas. São agressivas e intensas, mas pouco faltosas. Falnou-nos ganhar mais duelos no meio campo, principalmente na primeira parte". 

"[O que estava a faltar] Acima de tudo vontade de ganhar o jogo. Viemos com vontade de ganhar, aliás esse é o nosso propósito e a intenção de sempre, independentemente do adversário, é sempre o mesmo, é ganhar, e foi nesse sentido que as alterações foram feitas. Ainda faltam quatro jogos e é nesse sentido que temos de pensar e que temos de estar focados. Sempre disse que o campeonato ainda está para durar. Temos de continuar a pensar num jogo de cada vez, focados no próximo jogo”, concluiu. 

 

Sê o primeiro a comentar: